Home / Utilidade pública / Boa Vista SCPC: recuperação de crédito cai 2,4% no 1º semestre de 2018

Boa Vista SCPC: recuperação de crédito cai 2,4% no 1º semestre de 2018

Em junho houve queda de 2,8% na comparação mensal

O indicador de recuperação de crédito – obtido a partir da quantidade de exclusões dos registros de inadimplentes da base da Boa Vista SCPC – apontou queda de 2,4% no acumulado do 1º semestre de 2018. Na comparação mensal dessazonalizada, houve queda de 2,8% em junho contra o mês anterior. Já na análise acumulada em 12 meses, o indicador caiu 1,5% (julho de 2017 até junho de 2018 frente aos 12 meses antecedentes). Na comparação com o mesmo mês de 2017 houve alta de 7,6%.

Em termos regionais, na comparação acumulada de janeiro a junho, observou-se alta na região Sul (3,1%). Em sentido oposto, a região Nordeste foi o destaque negativo (-6,0%), seguida da Centro-Oeste (-5,2%), Sudeste (-2,2%) e Norte (-2,1%).

O movimento negativo do semestre resulta ainda das dificuldades enfrentadas pelos consumidores, com lenta retomada da atividade e mercado de trabalho ainda fragilizado. Espera-se que com a diminuição da desocupação e melhora na renda, as famílias encontrem situação financeira mais favorável, que permitirá uma evolução mais consistente na recuperação de crédito.

Metodologia
O indicador de recuperação de crédito é elaborado a partir da quantidade de exclusões dos registros de dívidas vencidas e não pagas informados anteriormente à Boa Vista pelas empresas credoras. As séries têm como ano base a média de 2011 = 100 e passam por ajuste sazonal para avaliação da variação mensal. Em janeiro de 2014 houve atualização dos fatores sazonais e reelaboração das séries dessazonalizadas, utilizando o filtro sazonal X-12 ARIMA, disponibilizado pelo US Census Bureau.

A série histórica do indicador está disponível em:
http://www.boavistaservicos.com.br/economia/recuperacao-de-credito

Sobre Granja News

O Granja News, jornal voltado ao público da Granja Viana e região, tem circulação em todo o centro comercial da Granja, parte de Cotia e em 90 condomínios da região, como por exemplo, São Paulo II, Nova Higienópolis, Fazendinha.

Leia também

Pequenos negócios paulistas registram queda de 3,4% no faturamento em julho

O comércio foi o único setor em que que as micro e pequenas empresas conseguiram …