Home / Carapicuíba / Câmara avança no processo de regularização fundiária em Carapicuíba

Câmara avança no processo de regularização fundiária em Carapicuíba

Vereadores aprovam revogação de antiga Lei Municipal para dar espaço à nova Lei Federal

P.L. n° 2.379/2018 foi aprovado em segunda discussão nessa terça-feira (8), em Sessão Ordinária (Foto: Divulgação / CMC)
Foi aprovado nessa terça-feira (8), durante a Sessão Ordinária da Câmara Municipal de Carapicuíba, o Projeto de Lei n° 2.379/2018, de autoria do Executivo, que revoga a antiga e já defasada Lei Municipal n° 3.110/2011, que autoriza a Prefeitura a promover a regularização fundiária na cidade. Posto em segunda discussão pelo presidente da Casa, Ronaldo Souza (SD), o P.L. foi aprovado com apenas dois votos contrários: das vereadoras Professora Cida Lula Carlos (PT) e Néia Costa (PSB).

A iniciativa tem como base a entrada em vigor da Lei Federal n° 13.465/2017, que dispõe sobre a regularização fundiária rural e urbana e institui mecanismos para aprimorar a eficiência dos procedimentos de alienação de imóveis, flexibilizando a regularização de áreas ocupadas irregularmente.

“Esta nova legislação federal, mais atualizada que nossa Lei Municipal, versa sobre questões fundiárias anteriormente não tratadas na antiga legislação, abordando regularização fundiária rural e urbana e criação do direito de laje, além promover importantes alterações legislativas que impactam diretamente o mercado imobiliário”, comenta, no texto, o prefeito Marcos Neves (PV).

Sobre Granja News

O Granja News, jornal voltado ao público da Granja Viana e região, tem circulação em todo o centro comercial da Granja, parte de Cotia e em 90 condomínios da região, como por exemplo, São Paulo II, Nova Higienópolis, Fazendinha.

Leia também

caminhão estacionado na Estrada da Fazendinha para equipes fazerem manutenção em poste de iluminação no canteiro central

Prefeitura de Carapicuíba inaugura nova iluminação na estrada da Fazendinha

Investimentos em iluminação pública ultrapassam R$ 3 milhões nos primeiros meses de 2018 Em mais …