Home / Carapicuíba / Justiça arquiva inquérito sobre a queda de helicóptero que levava filho de Alckmin

Justiça arquiva inquérito sobre a queda de helicóptero que levava filho de Alckmin

Por Victor de Andrade Lopes, com informações da EBC e do blog da Promotoria de Justiça de Carapicuíba

O Ministério Público (MP) de São Paulo anunciou o arquivamento do inquérito que apurava as causas da queda do helicóptero modelo EC 155 B1 da então Eurocopter (hoje Airbus Helicopter), ocorrida em abril de 2015 na Fazendinha e que vitimou Thomaz Alckmin, filho do governador de São Paulo Geraldo Alckmin, e os outros quatro ocupantes da aeronave (veja detalhes aqui).

As investigações conduzidas pelo Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) concluíram que houve falha humana na manutenção da aeronave, uma vez que a mesma caiu após uma das pás se desconectar da hélice principal, deixando o veículo incontrolável. Segundo o órgão, o mecânico responsável não se atentou para o problema, o que teria evitado a tragédia.

O MP, contudo, também iniciou uma investigação em setembro de 2016, com o auxílio de cinco engenheiros, e contestou o relatório do Cenipa. O documento final concluiu que se a peça estivesse realmente desconectada, o helicóptero sequer teria conseguido decolar. Assim, conseguiu que a Justiça acatasse o pedido de arquivamento.

O documento aponta ainda que a preservação inadequada dos destroços teria prejudicado as investigações. Quanto às reais causas da queda, embora o MP admita que a empresa Helibrás, responsável pela manutenção, não tenha obedecido integralmente as recomendações do fabricante na execução dos procedimentos, não é possível apontar relação direta entre tal fato e o acidente.

Os peritos apontaram falha na fabricação em três das cinco pás da hélice, mas não puderam determinar relação direta entre o defeito de fabricação e os testes do fabricante, ficando este isento de responsabilidade pelo acidente.

Sobre Granja News

O Granja News, jornal voltado ao público da Granja Viana e região, tem circulação em todo o centro comercial da Granja, parte de Cotia e em 90 condomínios da região, como por exemplo, São Paulo II, Nova Higienópolis, Fazendinha.

Leia também

Indicação foi apresentada durante a Sessão Ordinária dessa terça-feira (5) (Foto: Divulgação / CMC)

Câmara de Carapicuíba defende reforma geral em escola do Parque Santa Teresa

Indicação, apresentada pelo vereador Ari Cardozo, segue para o gabinete do prefeito Marcos Neves A …