Home / Carapicuíba / Leitor reclama de discrepâncias entre Cotia e Carapicuíba

Leitor reclama de discrepâncias entre Cotia e Carapicuíba

Por Victor de Andrade Lopes

Hoje, com o crescimento da Granja Viana, já não se pode mais considerá-la um distrito de Cotia apenas. O conceito ultrapassou limites municipais e chegou a cidades como Carapicuíba, Jandira, Osasco, Embu das Artes e Barueri. Destas cidades, Carapicuíba é, talvez, a que detém a maior porção de Granja Viana fora de Cotia. Trata-se de uma área que engloba parte do Palos Verdes, toda a Fazendinha, Vila Diva, Inpla, Chácara dos Lagos, entre outros.

Sendo assim, é natural que muitos granjeiros vivam, trabalhem ou frequentem o pedaço carapicuibano da Granja, e alguns problemas estão chamando a atenção deles. Por meio de uma mensagem enviada por e-mail a nossa redação, um leitor reclamou da discrepância entre a qualidade do asfalto na Avenida São Camilo. De fato, três buracos (um deles mais largo que um eixo de um carro popular) localizados logo após a divisa dos dois municípios na referida avenida fazem com que os motoristas tenham que desviar perigosamente, chegando a invadir a pista contrária devido às dimensões do obstáculo. “A prefeitura de Carapicuíba me parece que esquece que grande parte do IPTU da cidade vem daqui”, reclama o internauta. Sem falar nas protuberâncias existentes na subida localizada logo após esses buracos, que estão lá há anos, próximas à calçada direita para quem segue em direção à Fazendinha; e um buraco pequeno logo antes do radar em frente ao Anglo.

O leitor também mencionou a duplicação do trecho da São Camilo em frente ao empreendimento Alphaville Granja Viana, finalizada há um ano. O trecho novo ainda não recebeu iluminação, tornando-se perigoso à noite. Ele também reclama dos frequentadores das casas noturnas localizadas no trecho, que estacionam seus carros na rua – ou nas calçadas, como a reportagem já constatou algumas vezes, mesmo com a existência de estacionamentos pagos e vagas públicas ao longo do trecho novo.

Por fim, o leitor questiona a existência de uma Lei Cidade Limpa ou algo similar na cidade. Carapicuíba não dispõe de uma lei rígida como a de São Paulo, mas um decreto assinado em 2009 pelo prefeito Sérgio Ribeiro proíbe, em certos pontos, a presença de outdoors – não é o caso da São Camilo, por exemplo. Em entrevista ao jornal Diário da Região, há dois anos, o prefeito afirmou que não havia interesse por parte da Prefeitura na criação de uma lei similar à de São Paulo. “Em Carapicuíba [a questão dos outdoors e faixas] não é algo significativo, que cause grandes transtornos. Aqui não é Osasco, Guarulhos, ou a Capital”, afirmou na época.

Como em Cotia desde 2009 a lei é mais rígida e proíbe outdoors e faixas de propaganda (como aqueles erguidas acima de vias públicas entre postes ou árvores), o trecho de Carapicuíba acabou virando uma opção para quem quer anunciar por aqui. Logo após a divisa dos municípios, diversas faixas se concentram acima da São Camilo. Em frente ao terreno próximo ao posto Ipiranga na São Camilo, ainda há cartazes de propaganda eleitoral referentes às eleições municipais do ano passado.

Outro problema também localizado próximo à divisa é o acúmulo de entulho, um cenário que se repete ao longo do município, conforme matéria publicada em janeiro no Granja News mencionou. O assunto, combinado com a falta de regularidade na coleta de lixo, já foi tema até do quadro Proteste Já, do programa CQC; além de ter sido mostrado no telejornal SPTV por meio do programa Parceiros do SPTV.

O e-mail do leitor será encaminhado para a prefeitura de Carapicuíba. Publicaremos a resposta, quando vier.

Sobre Granja News

O Granja News, jornal voltado ao público da Granja Viana e região, tem circulação em todo o centro comercial da Granja, parte de Cotia e em 90 condomínios da região, como por exemplo, São Paulo II, Nova Higienópolis, Fazendinha.

Leia também

Gauchitos’s Grill volta de cara nova na Granja Viana

  Após algum tempo fechado, restaurante é reinaugurado em outra localização, com um espaço ainda …