Home / Cotia / Emoção marca a saída de pacientes que venceram a Covid-19 no hospital de campanha de Cotia.

Emoção marca a saída de pacientes que venceram a Covid-19 no hospital de campanha de Cotia.

 

A cada alta dada pelo Centro de Combate e Referência ao Coronavírus de Cotia os profissionais de saúde, familiares e, claro, os pacientes se emocionam e comemoram muito cada vitória. Mais de 2300 pessoas já foram atendidas no local e mais de 100 precisaram ficar internadas e receberam todo o tratamento necessário para vencer a Covid-19. Como tem sido divulgado pelas redes sociais, pelas emissoras de TV, cada paciente que deixa uma unidade de saída é levado à porta sob aplausos e muita comemoração.

“Não poderia ser diferente. Muitos pacientes estão vencendo uma doença que já tirou a vida de mais de 20 mil brasileiros e para a qual não há remédio específico e nem vacina. Cada pessoa que passa por aqui [hospital de campanha] e sai recuperada é uma vitória de toda a equipe”, comentou Alessandra Bana, coordenadora do Centro de Combate. Entre os pacientes que passaram pelo hospital de campanha e venceram a doença está a dona Eva Pinto da Rocha, de 70 anos.

Ela chegou ao local no dia 1º de maio com diversos sintomas da doença, ficou 21 dias internada. Precisou ocupar um leito na ala laranja do hospital de campanha, que tem os leitos destinados a pacientes com sintomas mais agravados, como insuficiência respiratória. No dia 21 de maio, dia de sua alta hospitalar, era aguardada com muita alegria pela filha Fabiana R. Rocha na porta da tenda.

Muita emoção também marcou a saída de Josafá Alves da Silva, de 57 anos, no dia 22 de maio. “Quero agradecer primeiramente a Deus e a todas as mulheres e homens de boa fé que colaboraram para que eu possa estar falando que sou um sobrevivente da Covid-19. Meu agradecimento, Deus abençoe. Sem estas pessoas eu não poderia estar aqui dando este testemunho, minha gratidão”, disse Josafá ao deixar o hospital depois de passar oito dias recebendo cuidados da equipe da saúde para vencer a doença.

Pedro D. Borelli, de 68 anos, ficou oito dias internado. Chegou ao Centro de Combate e Referência ao Coronavírus no dia 14 de maio com diversas queixas. Foi submetido ao teste rápido e teve a confirmação de que estava infectado pelo novo vírus. Durante o seu tratamento no local, Pedro passou pelas alas amarela e laranja (sendo que a ala laranja tem suporte para pacientes com sintomas mais graves e amarelo com sintomas mais leves, mas que precisam de internação). Ao deixar o hospital agradeceu a equipe da saúde que o atendeu e segue a recuperação em sua casa.

 

Fotos: Divulgação

 

Sobre Hostmarx

Leia também

Prefeito de Vargem Grande Paulista, Josué Ramos entrega nova UBS São Judas e anuncia novos investimentos para o bairro

  Foi entregue nesta quinta-feira (02), mais uma obra no programa Aqui Tem + Saúde: …