Home / Trânsito e transportes / Governo do Estado e Prefeitura de São Paulo assinam convênio para estudar concessão do sistema de bilhetagem

Governo do Estado e Prefeitura de São Paulo assinam convênio para estudar concessão do sistema de bilhetagem

Termo que oficializa a cooperação técnica prevê a instauração de grupo de trabalho entre as pastas do Estado e município

O Governo do Estado de São Paulo e a Prefeitura de São Paulo publicaram nesta quarta-feira, 24, no Diário Oficial, um convênio para elaboração do projeto de concessão à iniciativa privada dos serviços do sistema de bilhetagem eletrônica das redes estadual e municipal de transportes. A concessão poderá trazer diversificação de serviços aos usuários como, por exemplo, a ampliação das formas de pagamento pelos créditos. O objetivo é melhorar a qualidade e a segurança do serviço, além de trazer economia para os cofres públicos – a gestão do sistema de bilhetagem custa cerca de R$ 250 milhões ao ano.

A ideia é construir conjuntamente uma solução que traga maior eficiência na gestão do sistema de bilhetagem eletrônica, permita a exploração de novas receitas e facilite a adequada atualização tecnológica, evitando fraudes que oneram Estado, município e prejudicam os usuários do transporte público.

Uma das primeiras atividades do grupo de trabalho será o diagnóstico do sistema de bilhetagem eletrônica atual, considerando o levantamento de dados, a análise de experiências similares em outras cidades do Brasil e do mundo, o mapeamento das normas pertinentes, o entendimento do mercado relacionado e as potencialidades dos serviços a serem agregados.

O convênio foi firmado entre as secretarias de Governo e Transportes Metropolitanos do Estado de São Paulo, representadas pelos secretários Saulo de Castro Abreu e Clodoaldo Pelissioni, e as secretarias municipais de Desestatização e Parcerias e de Mobilidade e Transportes, dirigidas pelos secretários Wilson Poit e Sergio Avelleda, respectivamente. O convênio ainda terá como parceiros a Companhia do Metropolitano de São Paulo (Metrô), a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) e a São Paulo Transportes S.A (SPTrans).

As pastas constituirão um grupo de trabalho que será responsável pela condução de todos os processos destinados à estruturação em conjunto do futuro modelo de concessão.

Para o secretário Wilson Poit, é o primeiro passo para a concretização de um grande plano para São Paulo. “É um dos projetos mais importantes da nossa secretaria. O convênio com o Governo do Estado vai deixar ainda mais robusta a modelagem de concessão que, com certeza, agregará muito valor ao Bilhete Único”,  afirmou.

“O Governo do Estado sempre acreditou nas parcerias com a iniciativa privada. Não é por outro motivo que viemos construindo um bem sucedido programa de concessões e PPPs, que se iniciou há cerca de 20 anos e vem ganhando cada vez mais robustez e representatividade. Só no setor de transportes metropolitanos, já temos quatro projetos de PPP e cerca de R$ 23 bilhões de investimentos contratados. Acreditamos que essa iniciativa será mais uma a trazer excelentes frutos, beneficiando, especialmente, o usuário do transporte público metropolitano”, diz a subsecretária de Parcerias e Inovação do Governo de São Paulo, Karla Bertocco.

O prazo de vigência do convênio é de um ano, contado a partir da data de sua assinatura, podendo ser prorrogado de acordo com os parceiros.

Sobre Granja News

O Granja News, jornal voltado ao público da Granja Viana e região, tem circulação em todo o centro comercial da Granja, parte de Cotia e em 90 condomínios da região, como por exemplo, São Paulo II, Nova Higienópolis, Fazendinha.

Leia também

Alunos da região de São João Novo são atendidos pelo transporte escolar, após pedido do Vereador Thiago Nunes

Os alunos da rede municipal que residem na Rua Ari Coelho Miranda e Estrada da …

Skip to content