Home / Cotia / Instituto Data Alpha de Pesquisas aproxima empresas e candidatos dos desejos do público
Rodrigo Rodrigues e Roberto Lamari posam para foto lado a lado no restaurante Tantra
Rodrigo Rodrigues e Roberto Lamari

Instituto Data Alpha de Pesquisas aproxima empresas e candidatos dos desejos do público

Por: Victor de Andrade Lopes

 

Quem depende de aprovação do público precisa estar constantemente a par do que as pessoas querem e esperam. Para tanto, é necessário contar com profissionais que saibam como consultar esses indivíduos de forma neutra e, depois, trabalhar os dados para chegar a uma estatística confiável. Sabendo disso, o Many Press International Group (proprietário dos jornais Granja News, Alpha Times e do site Always Florida) inova mais uma vez na região e divulga seu mais outro produto: o Instituto de Pesquisa Data Alpha. Inspirado em grandes empresas de opinião pública, e gerenciado por gente que entende do assunto, o instituto está disponível não só para empresas que queiram pesquisar a popularidade de seus produtos, como também para candidatos e candidatas com interesse em conhecer melhor as preferências do eleitorado. Mas pesquisar intenção de voto não é a única e muito menos a mais importante atividade de um instituto desses. Beneficia-se quem souber utilizar esses serviços não apenas antes das eleições, mas depois, quando o cargo já está garantido. Isto é, encomendar pesquisas profissionais que revelem o que o eleitorado quer para a cidade, seja no começo do mandato, seja no final. É que diz Roberto Lamari, coproprietário do Data Alpha e profissional com duas décadas de assessoria política na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (ALESP), na Câmara Municipal de São Paulo, além de experiência à frente de uma entidade brasileira que congrega as escolas do legislativo e dos tribunais de contas de todo o país. Desde os 20 anos de idade, quando fundou um instituto de pesquisa com o vereador paulistano e ex-presidente da câmara José Police Neto (hoje do PSD), Roberto já realizou trabalhos em mais de 30 cidades paulistas. Para ele, os dados comumente divulgados na imprensa (aqueles que dizem quem tem mais e menos intenções de votos) não são os mais importantes. “A pesquisa permite ao candidato comunicar-se melhor com a comunidade. A partir dos dados apresentados, ele saberá onde está conseguindo mais votos e onde tem mais rejeição”, diz. “É a partir disso que ele deverá traçar sua estratégia política”. Além disso, ele lembra a importância de se continuar consultando a população mesmo após a vitória nas urnas. “No Brasil, ainda não é muito comum o administrador fazer sua gestão com base em pesquisa, o que é uma pena”, diz. “Porque se ele o fizesse, ele com certeza teria um mandato com êxito até o final.” Uma possibilidade de aplicação desta teoria é, por exemplo, quando um governante está com poucos recursos para investir e deve estabelecer prioridades. Por meio de uma pesquisa, ele pode procurar saber se, naquele momento, a população clama mais por uma nova praça ou pelo recapeamento de uma rua. A pesquisa eleitoral é um meio de se corrigir rumos em plena campanha. Uma oportunidade de saber se está dialogando com o público certo, no local certo e com a linguagem certa. “Já vi candidatos que estavam lá embaixo na intenção de voto tendo suas campanhas salvas com a ajuda de pesquisas estratégicas”, diz Roberto. Mas nem só à política servirá o Data Alpha. A empresa é um braço da iniciativa privada também. “Antes de se lançar um produto, faz-se uma pesquisa. Depois, com o produto já lançado, faz-se mais uma pesquisa, desta vez de aceitação”, explica Roberto. Com esses serviços, marcas podem medir com alta confiabilidade se precisam manter, suspender ou alterar um produto. “Esse tipo de informação é importante em momentos de crise como agora”, complementa. A empresa tem comprometimento em divulgar dados com a maior confiabilidade possível e, para isso, sua equipe inclui profissionais de estatística com grande experiência no ramo. Roberto diz que é importante retratar a realidade em números de forma precisa. “Na campanha presidencial de 2014, você tinha números para todos os lados, e os institutos de pesquisa se contradiziam muito. Depois das últimas eleições, criou-se um descrédito muito grande quanto a essas empresas”, diz Roberto. O objetivo do Data Alpha é fazer a diferença neste sentido. Como proprietário de veículos tradicionais e influentes na região, o grupo Many Press repercutirá as pesquisas de interesse do público em seus jornais Granja News e Alpha Times, além dos respectivos sites. “É importante aliar-se a um grupo conhecido e respeitado na região. Isso dá uma capilaridade maior na hora de divulgar a pesquisa e os resultados, é um diferencial muito grande”, explica Roberto. “A veiculação dos resultados geralmente fica a cargo do candidato, o que faz com que eles percam um pouco de credibilidade. Em jornais confiáveis e feitos por profissionais, eles transmitem uma confiabilidade maior”, finaliza. Mais informações, acesse www.dataalpha.com.br

 

Sobre Granja News

O Granja News, jornal voltado ao público da Granja Viana e região, tem circulação em todo o centro comercial da Granja, parte de Cotia e em 90 condomínios da região, como por exemplo, São Paulo II, Nova Higienópolis, Fazendinha.

Leia também

CONCURSO CULTURAL MARCA O DIA DAS CRIANÇAS NO PLAZA SHOPPING CARAPICUÍBA

  O maior shopping de Carapicuíba, Plaza Shopping Carapicuíba, encontrou nas redes sociais o caminho …