Home / Saúde / Mutirão de combate à dengue aumenta em 42% a média de recolhimento diário de lixo nas rodovias

Mutirão de combate à dengue aumenta em 42% a média de recolhimento diário de lixo nas rodovias

ARTESP organiza para hoje mais uma ação integrada de combate à dengue nas rodovias paulistas sob concessão; campanha educativa também integra o plano de mobilização estadual

Dengue_2 As concessionárias de rodovias estaduais paulistas farão hoje (29/03) um mutirão para recolher lixo e eliminar focos de larvas do mosquito da dengue, zika e chikungunya. As concessionárias já têm equipes que fazem esse trabalho regularmente pelo menos uma vez por semana, porém, nessa ação especial incentivada pela ARTESP (Agência de Transporte do Estado de São Paulo) o trabalho será intensificado para eliminar possíveis criadouros do mosquito e também conscientizar os usuários das rodovias sobre o descarte irregular de lixo na estrada. Serão mobilizados voluntários de outras áreas das concessionárias para ampliar o alcance da operação. O último balanço desse mutirão aponta que os esforços dos voluntários resultaram em um aumento de 42% da média diária de recolhimento de lixo nas rodovias estaduais concedidas.

A ARTESP também está lançando uma campanha de combate ao Aedes Aegypti com a distribuição de 780 mil folhetos educativos (veja abaixo) da campanha nas praças de pedágio. Haverá ainda textos sobre a campanha da dengue nos painéis de mensagem variável das vias. As ações também contam com o apoio da SUCEN – Superintendência de Controle de Endemias, autarquia vinculada a Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo. Para ter uma ideia da importância da campanha, no mutirão realizado no ano passado, somente em um único dia foram recolhidos 60 toneladas de lixo das rodovias sob concessão.

Dengue2“Um Reino Sem Dengue”. Além de participar do mutirão, a concessionária CCR AutoBan patrocina a peça “Um Reino Sem Dengue”, teatro de bonecos baseado no livro de Alda de Miranda, com ilustrações de Ricardo Girotto. O enredo fala de um reino onde não existiam doenças, até que, misteriosamente, algum mal afeta o rei. Para descobrir o que está acontecendo, o melhor detetive das redondezas é chamado. A partir daí se inicia uma aventura desafiadora em que o príncipe, as princesinhas e os súditos do reino envolvem-se em um aprendizado sobre a dengue e decidem combater o mosquito invasor, o grande vilão da história, transmissor também de outras doenças, como a Febre Amarela, Zika e Chikungunya.  Ao final de cada sessão, os alunos recebem uma cópia gratuita do livro. Em casa, os pequenos podem ainda dar continuidade à ação por meio do site www.umreinosemdengue.com.br, que traz diversas atividades e sugestões de brincadeiras. Essa semana as apresentações acontecem em escolas públicas de Limeira. O projeto foi selecionado no Primeiro Edital Instituto CCR de Projetos Culturais, do Instituto CCR, e é patrocinado pela CCR AutoBAn, por meio da Lei Rouanet de Incentivo Fiscal do Ministério da Cultura.

Lixo Recolhido – Balanço 2015. Em 2015, somente nas rodovias estaduais sob concessão, as concessionárias recolheram 15,4 mil toneladas de lixo. Somam-se a isso outros 30,1 mil metros cúbicos de lixo (cada empresa utiliza uma unidade diferente de aferição).
Além de formar focos de larvas do mosquito da dengue, o descarte de lixo nas rodovias também acarreta problemas de segurança viária. Os materiais mais recolhidos são papel, garrafas plásticas, latas de alumínio e restos de pneus. Mas há também restos de móveis como sofás, mesas, cadeiras e até geladeiras velhas, além de resíduos de construção civil e vários materiais.

Segurança. Os materiais e resíduos abandonados nas rodovias podem entupir o sistema de drenagem das pistas, chegando a causar danos estruturais à rede. Caso sejam levados diretamente para os corpos d’água mais próximos da via também podem provocar a poluição de áreas de preservação ambiental. Além disso, alguns materiais descartados na rodovia podem acumular água se tornando locais ideais para proliferação de outros vetores além de mosquitos como pulgas e moscas. Quando deixados nas pistas, os resíduos podem provocar acidentes rodoviários, daí a importância do trabalho de educação e conscientização dos motoristas e demais usuários.

Sobre Granja News

O Granja News, jornal voltado ao público da Granja Viana e região, tem circulação em todo o centro comercial da Granja, parte de Cotia e em 90 condomínios da região, como por exemplo, São Paulo II, Nova Higienópolis, Fazendinha.

Leia também

Ministério da Saúde inicia nova etapa da campanha nacional de vacinação contra o sarampo

Dia D acontece neste sábado, 19, em todas as UBS’s Até o dia 25 de …