Home / Cotia / Primeira sessão pós-eleições da Câmara de Cotia é marcada por discursos de despedida e agradecimento
Foto: Victor de Andrade Lopes

Primeira sessão pós-eleições da Câmara de Cotia é marcada por discursos de despedida e agradecimento

Por Victor de Andrade Lopes

A Câmara Municipal de Cotia promoveu sua 32ª sessão ordinária na manhã de hoje (4/10) – a primeira depois das eleições que sagraram Rogério Franco (PSD) e Almir Rodrigues (PSDB), atuais membros da casa, como prefeito e vice-prefeito, respectivamente. Com um quórum que há meses não se via, todos os vereadores compareceram e aproveitaram para fazer discursos de despedida (no caso dos não-eleitos) e de agradecimento (para os eleitos).

Os vereadores reeleitos são: Paulinho Lenha (PSB), Fernando Jão (PSDB), Luis Gustavo Napolitano (DEM), Tim (PMDB), Marcos Nena (PMDB) e Dr. Castor (PSD). Juntar-se-ão a eles em 2017: Eduardo Nascimento (PSB), Pedinha (PROS), Celso Itiki (PSD), Edson Silva (PRB), Marcinho Prates (SD), Sandrinho (SD) e Professor Osmar (PV). Além dos futuros prefeito e vice-prefeito, deixarão a Câmara: Sérgio Folha (PR, atual presidente), Arildo Gomes (PDT), Lino da Saúde (PSL), Alcides Esquisito (PP) e Beto Rodovalho (PROS). Destes, todos exceto Folha são suplentes. Sandrinho, Eduardo e Marcinho compareceram à sessão e foram convidados a fazer parte da extensão da mesa.

De início, discutiu-se se o prefeito eleito e vereador Rogério Franco deveria ser saudado com aplausos, o que quebraria o protocolo. A proposta foi aprovada por unanimidade e os parlamentares passaram à ordem do dia. Foi lido o veto total ao projeto de lei nº 39/2016 por parte da prefeitura. O texto previa a obrigatoriedade da disciplina de educação no trânsito na rede municipal de ensino, mas, segundo a prefeitura, não reuniu condições de virar. O prefeito vetou também, mas apenas parcialmente, o projeto nº 36/2016, que previa a obrigatoriedade de prescrição médica para a ministração de remédios a alunos da rede municipal.

Em seguida, teve início uma série de discursos por parte dos parlamentares, que comentaram as eleições e seus desempenhos pessoais. Arildo, Lino, Esquisito e Folha se limitaram a parabenizar a dupla vencedora, agradecer os votos recebidos e reconhecer a derrota nas urnas. Alguns, inclusive Lenha, o mais votado, pediram que Rogério cuide da cidade quando assumir seu cargo. Dr. Castor chegou a dizer que Rogério tem potencial para ser um político ainda maior no futuro, alcançando cargos mais importantes.

O vereador Tim, que apoiou Quinzinho, disse que sua chapa vai investigar os 25 mil empreendimentos da cidade, os contratos com a Danúbio Azul e com o Instituto Acqua. Luis Gustavo Napolitano se disse feliz em ser parte da chapa vencedora e que escolheu apoiar Rogério “por seus projetos e por sua integridade serem legítimos”. Fernando Jão, também apoiador de Rogério, lamentou as calúnias e injúrias das quais se disse vítima ao longo da campanha. “O Quinzinho mandou dezenas de ligações de números diferentes para minha esposa para atentar contra a honra dela. Quinzinho, eu te perdoo de coração, mas o povo da cidade fez justiça”, disse, referindo-se ao resultado da eleição.

Beto Rodovalho, que não conseguiu a reeleição, também lamentou difamações sofridas. “Deus sabe quantos dias eu chorei na minha casa”. Disse também que “Deus deu a Rogério o propósito de ser prefeito de Cotia” e pediu ao eleito que olhasse pelo Jardim Japão. ”Não fui reeleito, mas continuarei cuidando da cidade”, disse.

O futuro vice-prefeito, Almir Rodrigues, contou que Quinzinho procurou por ele e Almir para solicitar apoio em sua campanha. Para evitar o que Almir chamou de “um desastre para Cotia”, ele escolheu apoiar Rogério. “A partir daí, o Quinzinho passou a denegrir a nossa imagem. Olha a que ponto chega a desfaçatez de uma pessoa. Aí você percebe a falta de responsabilidade do homem público e o pensamento egocêntrico de que só o projeto dele tem importância”, criticou Almir. “Ele disse para a gente ir com ele e que se ele fosse enquadrado na Lei da Ficha Limpa, nós poderíamos assumir seu lugar”, complementou.

Contou ainda de uma montagem que fizeram com uma foto sua e de sua filha de 8 anos na maternidade onde acabara de nascer sua segunda filha. “Pegaram essa foto e colocaram olhos vermelhos em mim e nas minhas filhas, disseram que o Almir não cuida da saúde e que ele tem filho em maternidade particular”, lamentou o vereador. “Quando eu digo que o Quinzinho é suspeito de desviar R$ 27 milhões da saúde, é verdade. Quando eu digo que ele tem 129 processos por desvio de dinheiro público e outras questões, é verdade. Tudo isso é profissional, em nenhum momento entrei no campo pessoal”, disse Almir, que finalizou sua crítica em tom elevado: “Bata em mim, mas não fale da minha família! Subir no palanque para falar da minha família? Vá lavar a boca com sabão!”

Encerrou sua fala prometendo uma “administração espetacular”, dizendo que Carlão “vai deixar um legado para nossa cidade que talvez nos últimos 30 anos ninguém teve coragem de fazer” e que ele e Rogerio têm “a missão de dar continuidade ao trabalho dele, que foi um grande homem público e fez uma faxina ética na cidade”.

Em resposta às palavras de Almir, Tim disse que Carlão tem 82% de rejeição. “Quero deixar claro que o Quinzinho foi um homem público que fez muito por essa cidade. Ele construiu muitas creches, coisa que o Carlão não fez”.

Em seguida, e encerando a rodada de discursos, Rogério agradeceu a todos os que acreditaram em sua campanha. “O Carlão teve seus erros, mas teve muitos acertos. Nenhum escândalo de corrupção assombrou o povo de Cotia”, disse o vereador. Ele afirmou também que vai governar “para o povo” e “honrar cada um dos quase 40 mil votos” que recebeu. Prometeu “romper com as práticas da política do passado” e se comprometeu a montar em janeiro uma auditoria de serviços públicos. Por fim, fez um convite ousado: “Quem quiser participar da maior e melhor administração de Cotia, me acompanhe!”

A sessão foi então encerrada e o restante da ordem do dia foi adiado por duas sessões após requerimento de Dr. Castor, aprovado por unanimidade.

Sobre Granja News

O Granja News, jornal voltado ao público da Granja Viana e região, tem circulação em todo o centro comercial da Granja, parte de Cotia e em 90 condomínios da região, como por exemplo, São Paulo II, Nova Higienópolis, Fazendinha.

Leia também

Cotia/SP – Cartão de estacionamento para idoso e PCD pode ser solicitado por e-mail

A Secretaria de Transportes e Trânsito (Settrans) de Cotia passou a receber a solicitação para …