Home / Saúde / Com nova diretoria, PROJOV visa ampliar a capacitação profissional de jovens em São Paulo
Novo prédio do PROJOV, localizado em Barueri, cujo investimento foi de R$ 2 milhões. Foto Cátia Vieira

Com nova diretoria, PROJOV visa ampliar a capacitação profissional de jovens em São Paulo

 Apoiado por grandes empresas parceiras e membros do Rotary Club, programa concluiu obra de um novo prédio em Barueri, com o investimento de R$ 2 mi

Fotos: Cátia Vieira

Barueri, maio de 2021 – Com o compromisso de fazer com que a aprendizagem seja uma obrigação legal e uma responsabilidade social, o PROJOV, entidade socioassistencial sem fins lucrativos criada pelo Rotary Club de Barueri Alphaville, empossou, em maio, um novo Conselho de Administração, nova Diretoria Executiva e Conselho Fiscal. A missão é ampliar as ações de capacitação de jovens para o mercado de trabalho, inclusão digital, além de ampliar criar novos polos de capacitação em outros municípios de São Paulo.
Para o novo presidente do conselho, Francisco de Souza Ferreira Filho, “o PROJOV, como uma entidade de caráter assistencial, exerce um determinante trabalho de inserção social dos jovens das camadas menos privilegiadas da sociedade, sempre primando pela qualidade dos aprendizes que formamos”.

Novo prédio do PROJOV, localizado em Barueri, cujo investimento foi de R$ 2 milhões. Foto Cátia Vieira

“Atualmente, temos sedes nas cidades de Barueri, Osasco, Santana de Parnaíba e Pirapora do Bom Jesus. Mas, para um crescimento substancial, o PROJOV tem que estender sua atuação para municípios mais distantes, e é isso que planejamos implantar com a nova diretoria. Acreditamos que colocar em prática políticas públicas para a adolescência e juventude é pensar no futuro – e, assim, seguiremos com o nosso compromisso”, diz Pedro F. Sartorato, que acaba de ser eleito presidente executivo.
Recentemente, a associação concluiu a obra de um novo prédio de 2,25 mil m², localizado em Barueri, cujo investimento foi de R$ 2 milhões. “O PROJOV tem como receita a contribuição de empresas ‘parceiras’ que pagam por um valor por jovens contratados no programa de aprendizagem. Em exceção, firmamos eventuais convênios com órgãos públicos para os programas especiais”, explica o superintendente da entidade, Wilson Negrão.
Ao longo dos 23 anos de existência, o PROJOV já formou e capacitou mais de 17 mil jovens e efetuou mais de 700 parcerias com grandes empresas como Cielo S.A, C&A Modas, Meritor do Brasil, Leroy Merlin, JBS, entre outras.
“Tenho 27 anos e sinto muito orgulho de ter passado pelo PROJOV, pois foi por meio da entidade que segui em frente e me formei em Recursos Humanos e, em seguida, no curso de Administração. Hoje, atuo como Analista de pós-vendas e estou me preparando para, em breve, iniciar minha Pós-Graduação em Psicologia Organizacional. Quando vejo algum jovem com a camisa do PROJOV, sinto uma sensação maravilhosa de esperança e espero que muitos possam ter essa oportunidade”, conta Jéssica Alves, aprendiz da capacitação profissional de 2010.
Além da capacitação profissional
Jovens em situação de vulnerabilidade precisam mais do que oportunidades, necessitam de apoio, também, dentro da estrutura familiar. Pensando nisso, o PROJOV desenvolveu o “Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos Familiares”, que viabiliza aos usurários o acesso e a garantia de direitos. As ações, planejadas a partir da leitura socioterritorial, sociocultural e, por meio de um trabalho realizado em encontros com grupos de famílias dos jovens aprendizes, permite a compreensão das dinâmicas, possibilitando a identificação de vínculos fragilizados, bem como de estratégias para a atuação profissional assertiva.
Com uma equipe técnica formada por psicólogas e assistentes sociais, que desenvolvem um trabalho junto aos jovens e familiares, atendimentos individuais e visitas domiciliares são feitas para conhecer essa dinâmica familiar.
“Falar da minha passagem pelo PROJOV é algo que me traz muita gratidão. Quando fiz o curso de Mídias Digitais não tinha noção de tudo que iria me proporcionar – e não digo só em conhecimento profissional, mas na minha vida pessoal. Sempre será um lugar que não vê cor, situação financeira, mas sim, a capacidade de cada um. E, mesmo que esse jovem não acredite nele, os instrutores nos passam essa confiança. Hoje, acredito que posso e consigo chegar onde eu quero”, afirma Michelle Dias, aprendiz na empresa Gilbarco Veeder-Root.
“Fornecemos mais que um emprego, possibilitamos a promoção do desenvolvimento pessoal de jovens, fortalecimento de laços familiares e comunitários com ações que promovam suas culturas, seus valores, suas histórias, referências e aspectos comportamentais a fim de que adquiram melhores condições para a inserção no mundo do trabalho”, informa Wilson Negrão.

Sobre o PROJOV
Fundado em 1998 pelo Rotary Club de Barueri Alphaville (RCBA), e com unidades na região oeste da Grande São Paulo, o PROJOV é uma entidade socioassistencial sem fins lucrativos que forma, capacita e desenvolve jovens em situação de vulnerabilidade. Para mais informações sobre o PROJOV, acesse: https://projov.org.br/

Sobre Granja News

O Granja News, jornal voltado ao público da Granja Viana e região, tem circulação em todo o centro comercial da Granja, parte de Cotia e em 90 condomínios da região, como por exemplo, São Paulo II, Nova Higienópolis, Fazendinha.

Leia também

Seguindo orientação do Estado, Cotia antecipa 2ª dose da vacina da Pfizer de 12 para 8 semanas

A orientação é para que todos que receberam a 1ª dose deste imunizante verifique a …

Skip to content