Home / Cotia / Conheça a modalidade esportiva que está caindo no gosto da galera e confundindo o real com o virtual!
Hélder Vieira

Conheça a modalidade esportiva que está caindo no gosto da galera e confundindo o real com o virtual!

O automobilismo virtual cresceu em influência durante a pandemia e conta com pilotos profissionais compondo seu grid

Fotos: Reprodução

Por Victoria Cattony

Jamison e Enzo Sampaio

O automobilismo virtual consiste, basicamente, na simulação de uma corrida, como na Fórmula 1, só que transportada ao ambiente cibernético. As empresas detentoras dos simuladores, realizam um escaneamento detalhado de todos os componentes do esporte profissional, desde os autódromos e todas as suas imperfeições da pista, até os carros que participarão dos campeonatos, mantendo tudo atualizado conforme possíveis mudanças com o passar dos tempos. A relevância é tamanha que grandes marcas estão se filiando e criando suas próprias ligas, como é o caso da Porsche e da Mercedes-Benz.

O piloto e campeão da IRB E-sports em 2013, Jamison Sampaio, interrompeu a carreira na época e retomou recentemente, junto do filho, Enzo Sampaio. “Quando comecei a correr, no mesmo ano que ganhei, tinha em média, 1.000 participantes, enquanto que agora, já passa de 20.000 usuários da plataforma. Fiquei impressionado com o quanto cresceu na pandemia. Foi uma válvula de escape para me sentir bem estando em casa e me divertindo, sem ficar maluco”, comenta o atual competidor da Copa Huayra de Kart.

Pai e filho, membros da equipe do Corinthians em E-sports, e  residentes em Praia Grande, São Paulo, vêm competindo juntos há algum tempo e se tornaram referência no carro escolhido pelos dois, por conta do respeito dos demais participantes, e também, pela relação de parentesco. Jamison explica que os simuladores não são um jogo ou um brinquedo, como muitos acreditam, e sim um esporte que replica a realidade de forma milimétrica e também leva os usuários a adquirirem maior conhecimento dos carros para que tenham maior confiança ao correr no real e antever os movimentos dos adversários, podendo assim, reagir a eles de modo mais fácil.

Enzo, campeão da primeira temporada da IRB E-sports em 2021, mesma liga que o pai venceu anteriormente, conta que está muito empolgado em fazer parte do meio atualmente, pois muitos pilotos profissionais do automobilismo, como Max Verstappen e Fernando Alonso, estão utilizando as plataformas. e com isso, compartilhando experiência com os demais.

Jamison e Enzo Sampaio

Ambos migraram para o kart recentemente e notaram que, quando correm em modo real, a sensibilidade das manobras são menores, então precisam utilizar mais força para controlá-las se comparado aos simuladores. No entanto, Hélder Vieira e Murilo Leite, pilotos da Copa Huayra e atuais participantes das ligas de automobilismo virtual, comentam que, apesar da dificuldade mencionada pelos Sampaio, o impasse da adaptação à mudança se dá com relação à percepção, uma vez que, a substituição da visão panorâmica que possuem no real não é a mesma no digital, principalmente se comparado àqueles que se valem de apenas uma tela de computador para a corrida.

“O simulador ajuda muito para adquirir concentração e preparar para as manobras. Às vezes eu saio mais cansado e suado do virtual. É muito intenso e demanda muito treino. Não é tão simples quanto parece”, afirma Hélder, que está envolvido com o meio desde 2012 e diz que a modalidade é maluca, pois começa conhecendo algum participante por acaso e no fim se vê completamente inserido no universo.

Murilo Leite

César Vieira, um dos organizadores da Huayra, e piloto parceiro do Granja News, conta que, receber os competidores do virtual tem sido um dos maiores prazeres do mundo, principalmente se eles participam de uma bateria e se mantém crescendo no esporte. “Sentimos que estamos agregando na vida deles, já que os tiramos da zona de conforto do lar e os trazemos ao confronto real. Nosso sonho é montar um excelente grid e criar nossa própria liga da Copa, mas não é simples como parece. Temos que nos organizar bastante porque lá é muito profissional”, explica ele, que acredita que o maior conflito entre os pilotos de uma modalidade e outra se dá com a confusão relativa à regulamentação, diferente em cada ambiente.

Por fim, todos apontam para o preconceito que ainda permeia as modalidades. “A passagem do virtual para o real carrega um estigma de que é só videogame e nada mais, sendo que a dificuldade é tanto ou maior. Enquanto que o movimento contrário é completamente diferente. A galera do simulador recebe os outros com muita admiração e apoio”, declara César.

Sobre Granja News

O Granja News, jornal voltado ao público da Granja Viana e região, tem circulação em todo o centro comercial da Granja, parte de Cotia e em 90 condomínios da região, como por exemplo, São Paulo II, Nova Higienópolis, Fazendinha.

Leia também

Jandira anuncia projeto Craque do Futuro

A peneira acontecerá na próxima semana e a oportunidade está disponível para jovens que tenham …

Skip to content