Home / São Roque / Supermercados voltam a funcionar aos finais de semana em São Roque

Supermercados voltam a funcionar aos finais de semana em São Roque

Cidade é classificada na fase vermelha do Plano São Paulo a partir de segunda-feira

Supermercados, mercados e comércios similares voltam a atender seus clientes de forma presencial durante o final de semana em São Roque. A cidade está classificada na fase vermelha do Plano São Paulo a partir de segunda-feira, 12 de abril.

A medida segue determinação do Governo do Estado de São Paulo, que retirou todos os municípios paulistas da Fase Emergencial, mantendo diversas medidas preventivas com o objetivo de reduzir o contágio da Covid-19 e preservar a capacidade de atendimento do sistema de saúde.

Restaurantes ficam fechados, com permissão para drive-thru e entregas

Restaurantes e lanchonetes continuam fechados para o público, com permissão para entregas (delivery) e drive-thru, desde que o serviço não provoque congestionamentos e que a retirada e pagamento sejam feitos com o cliente dentro do veículo.

Escolas particulares podem funcionar com 35% da capacidade

Escolas particulares poderão funcionar com 35% de sua capacidade, seguindo as medidas preventivas. Já as escolas municipais continuam com atividades remotas, via internet.

Toque de recolher mantido

O toque de recolher decretado pelo Governo do Estado continua em vigor das 20h às 5h. A circulação de pessoas só é permitida em casos de necessidade, urgência e emergência, por motivos de trabalho ou para circulação em razão de serviços e atividades essenciais.

Força-tarefa contra aglomerações

A força-tarefa formada pela Guarda Civil Municipal, Fiscalização e Vigilância Sanitária de São Roque continua a atuar na cidade para inibir aglomerações. A ação conta com a ajuda da população, que pode utilizar o número 4712-2633 para denunciar eventos clandestinos e outras infrações que não respeitem as normas municipais de combate ao coronavírus.

A fiscalização atuará de forma constante para inibir festas e outros eventos, que são realizados de forma irresponsável neste momento de pandemia, punindo seus organizadores com multas de R$ 5 mil. A medida vale também para quem alugar sua propriedade para as confraternizações. Caso a festividade tenha finalidade comercial, como venda de ingressos ou comercialização de bebidas, a multa para o organizador será de R$ 15 mil.

Confira os serviços essenciais que funcionam na fase vermelha

• Assistência à saúde (incluídos os serviços médicos e hospitalares)
• Farmácias, óticas e lojas de equipamentos médico hospitalares, supermercados, hipermercados e centros de abastecimento alimentício
• Açougues, peixarias, hortifrutigranjeiros, pequenos mercados, lojas de suplemento alimentar e feiras públicas
• Distribuidores de gás de cozinha
• Padarias e mercearias
• Lojas de produtos e serviços veterinários
• Lojas de insumos e equipamentos agrícolas
• Oficinas automotivas, borracharias, lojas de autopeças, serviço de reparo e manutenção em equipamentos eletroeletrônicos, eletrodomésticos e de equipamentos de jardinagem
• Instituições financeiras
• Casas lotéricas e correspondentes bancários
• Serviço de call center, telecomunicação e internet
• Postos de combustível
• Serviços de construção civil
• Lojas de materiais de construção, de instalações elétricas, hidráulicas
• Marmorarias, marcenarias, madeireiras, serralherias, vidraçarias e serrarias
• Hotéis e hospedagens
• Transporte coletivo e de passageiros (ônibus, taxi, transporte por aplicativo)
• Serviços funerários
• Serviços relacionados à imprensa, por todos os meios de comunicação e divulgação disponíveis, incluídos a radiodifusão de sons e de imagens, a internet, os jornais e as revistas, entre outros
• Assistência social e atendimento à população em estado de vulnerabilidade
• Atividades de segurança pública e privada.

Foto: Divulgação

Sobre Granja News

O Granja News, jornal voltado ao público da Granja Viana e região, tem circulação em todo o centro comercial da Granja, parte de Cotia e em 90 condomínios da região, como por exemplo, São Paulo II, Nova Higienópolis, Fazendinha.

Leia também

Cotia aplicou mais de 52 mil doses de vacina contra a Covid-19

O governo do estado enviou 68.084 doses de vacina contra a Covid-19, entre AstraZeneca/Fiocruz e …