Home / Carapicuíba / Moção apresentada pelo vereador Prof. Naldo (PT) à Câmara de Carapicuíba manifesta apoio a deputada estadual Marina Helou pelo PL nº 306/2021, que tramita na ALESP

Moção apresentada pelo vereador Prof. Naldo (PT) à Câmara de Carapicuíba manifesta apoio a deputada estadual Marina Helou pelo PL nº 306/2021, que tramita na ALESP

O PL (Projeto de Lei) institui a prioridade de vacinação para grávidas e puérperas

Foto: Divulgação

Na 19° Sessão Ordinária da Câmara de Carapicuíba, o Vereador Prof. Naldo apresentou a Moção n° 225/2021, que manifesta apoio ao Projeto de Lei n° 306/2021, em trâmite na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo. O Projeto de Lei, de autoria da deputada Marina Helou (REDE), institui a prioridade de vacinação para grávidas e puérperas, mesmo sem comorbidades. Na sua exposição o Vereador destacou a importância da vacinação para grávidas e puérperas: “infelizmente o Brasil é o país atingido com o maior número de óbitos de mulheres grávidas e no pós-parto por coronavírus, com o atraso e lentidão da vacinação”. E complementa “o calendário de vacinação tem que ser alterado pelo Plano Estadual de Vacinação, e neste sentido a Deputada Marina Helou (REDE) protocolou no dia 18 de maio, com o PL nº 306/2021, a inclusão urgente deste grupo no Plano Estadual de Vacinação”.

Na opinião do vereador não trata de vaidade ou fura filas: “a proposta é baseada em pesquisas científicas que apontam que em julho de 2021, 160 gestantes e puérperas  vieram a óbito por covid-19 comparada com as mortes no mundo,  representa 77% dessas mortes no mundo, isto é muito grave“.  O Vereador prof. Naldo apresentou ainda mais um dado relevante que tem relação direta com à desigualdade racial, que se aprofunda em cada crise: “as grávidas negras ou pretas (de acordo com classificação do IBGE), tem o dobro de risco de morrer por covid-19, comparadas às grávidas não negras.

O vereador ressaltou a importância da vacinação: “não há outra saída, como não sairemos desta crise sanitária sem vacinação, o atraso nas compras pela vacina, a falta de um Plano Nacional de Vacinação efetivo e a negação da ciência por algumas autoridades, tem prolongando esta crise. Só começaremos a vencer a pandemia quando o Brasil atingir no mínimo 70% da população vacinada, mas depois de oito meses de vacina não chegamos a 15% de quem tomou a segunda dose“.

Sobre Granja News

O Granja News, jornal voltado ao público da Granja Viana e região, tem circulação em todo o centro comercial da Granja, parte de Cotia e em 90 condomínios da região, como por exemplo, São Paulo II, Nova Higienópolis, Fazendinha.

Leia também

Cabo Jean pede pagamento de bônus aos profissionais na linha de frente no combate ao Covid-19 em São Roque

Foto: Divulgação Acompanhar o andamento da pandemia do Covid-19, e os esforços de profissionais de …