Home / Cotia / Projeto de resistência às drogas e à violência inicia as formaturas da 27ª edição

Projeto de resistência às drogas e à violência inicia as formaturas da 27ª edição

Durante o segundo semestre, o projeto de enfrentamento às drogas esteve presente em 15 escolas da rede municipal de Ensino Fundamental

Na tarde desta segunda-feira (2/12), a Prefeitura de Cotia, por meio da Guarda Civil Municipal, em parceria com a Secretaria de Educação, iniciou as formaturas dos alunos que participaram do curso Projeto Educando durante o 2º semestre deste ano. O Projeto chegou à 27ª edição, somente na segunda metade deste ano, atendeu cerca de 1200 alunos do 5º ano do Ensino Fundamental de 15 escolas da rede municipal. As aulas foram ministradas dentro do horário escolar, uma vez por semana e abordaram temas como drogas e seus malefícios, preconceito, violência, autoestima, bullying, entre outros.

A primeira formatura foi a dos alunos da EM Cândido Pinto, no bairro Ponunduva, em Caucaia do Alto. O coordenador do projeto, e mestre do cerimonial das formaturas, GC Osmar Kiihl, afirmou que o Projeto Educando existe para somar às ações de prevenção às drogas e à violência. “O Educando traz para os alunos informações fundamentais para fortalece-los contra as drogas e a violência. Já alcançamos a marca de 28 mil alunos contemplados e agradeço as escolas que abrem as portas para este projeto, aos alunos e aos pais”, disse Kiihl.

Eriveldo Junior Poieli, pai do aluno formando João Victor, fez questão de prestigiar a formatura do filho. “Eu só conheci este projeto agora, quando meu filho começou a participar. Achei muito bom porque ensina para as crianças muitas coisas que, às vezes, não temos tempo ou conhecimento para ensinar. Gostei muito”, disse Eriveldo.

Representando os pais, o pastor Fabrício, que também acompanhou a formatura de sua filha, deixou uma mensagem para os presentes. “Hoje, trabalho com a recuperação de dependentes químicos e sei o quanto é importante projetos como este que ajudam os nossos jovens a fazerem as escolhas certas. Sei o quanto é difícil ajudar alguém com a doença da dependência química”, disse o pastor Fabrício, que já foi dependente químico.

As aulas do Educando são ministradas por GCM’s dentro do horário escolar, uma vez por semana, durante um semestre letivo e as escolas são escolhidas com base no número de ocorrências relacionadas ao tráfico de drogas na região, além de serem áreas com índices de criminalidade.

Cronograma de Formaturas do Projeto Educando – 2º semestre 2019

2/12 – 14h: EM Cândido Pinto

 3/12 – 9h: EM Ivo Mario Isaac Pires

 4/12 – 9h: EM CEUC

 5/12 – 9h: EM João Luiz Montanheiro

 6/12 – 9h: EM José Manoel de Oliveira

 9/12 – 14h: EM Jardim do Engenho

 10/12 – 9h: EM Jardim Rosalina

 11/12 – 9h: EM Edith dos Santos

 12/12 – 9h: EM Vicentina P. Oliveira

 13/12 – 9h: EM Turiguara

 16/12 – 14h: EM Jocinéia de Melo

 17/12 – 9h: EM Caputera

 18/12 – 9h: EM Joaquim Pereira da Silva

 19/12 – 9h: EM Rosa Maciel de Oliveira

 20/12 – 9h: EM Prof. Roberto H. Lobo

Fotos: Vagner Santos

Sobre Hostmarx

Leia também

Settrans começa a instalar cabines de pagamento e regularização de zona azul

Quem passa pela região central e em frente à Prefeitura de Cotia já deve ter …